Etiquetas

, ,

Everything that we see is a shadow cast by that which we do not see – Martin Luther King Jr.

Shadow | Paris | Jaime Scatena

Shadow | Amsterdam | Jaime  Scatena

Olhar a luz, para apreender a visão do agora.

Tornar irreconhecíveis as sombras.
Para que o corpo se banhe de branco.
De sensatez.

Focar o campo que circunda o sol.
E a força do verão do hemisfério norte.

Sem bússola.
Sem GPS.

Sentir a luz de Paris, de Amsterdã, de Vitória, de Porto Alegre
e absorver os cumprimentos de ondas coloridas.

Plantear a fuga do não.
Sorver a comunhão de afetos de tons róseos.

Fotografar o passante que não cabe mais em Baudelaire.
Filmar a velocidade das esquinas

e da memória da infância
dos cheiros de chuva da terra.

Olhar os poros do rosto.
Saber que tudo é luz.

E é por isso que amamos a fotografia,

nossa escrita compartilhada.

 

Cities in dialogue:

  • Photography 1: Shadow | Paris | Jaime Scatena
  • Photography 2: Shadow | Amsterdam | Jaime  Scatena
  • Text: Light | Porto Alegre | Gabriela Canale
  • Photography 3: What I see is her shadow | London | R.Cambusano
  • Photography 4: Ch(eiro) de Ch(uva) | London | R.Cambusano